Reconhecimento de Padrões

Fernando Velázquez

No espaço expositivo, doze televisões verticais exibem em sincronia vídeos de florestas filmados com um drone. Quando um visitante se aproxima, a imagem mais próxima se transforma em glitch e só se estabiliza novamente quando o movimento para. Ao andar de um lado para o outro é possível notar com clareza o ruído acompanhando o caminhar através das tvs.

Embora já houvesse uma programação para este trabalho, o Bloco foi chamado pelo artista Fernando Velázquez para criar uma nova versão do sistema, mais robusto e para uma nova exposição. Utilizamos então seis computadores, dois para cada monitor. O central, além de funcionar como um servidor, também captava os movimentos através de um Kinect e o distribuia pela rede. Durante o período em exibição, todo o trabalho poderia ser ligado e desligado com apenas um botão e passava a funcionar automaticamente.

CRÉDITOS

Fernando Velázquez: concepção, vídeo, trilha, produção
Bloco: programação e solução técnica

2015